FRASES
"Eu não quero ficar solteira pra sempre. Se eu já dormi com alguém? Erm, eu prefiro não falar sobre isso porque é muito privado". (Jornal The Sun - 03/03)

"Gosto de sentar e parar tudo para compor quando sinto que estou a fim". (Revista Atrevida - 12/02)

"Não gosto de dizer que sou punk, porque os punks de
verdade não têm clipes na MTV". (Revista Jovem Pan - 12/02)

"Eu não optei por rock, foi simplesmente o que saiu de dentro de mim". (Revista Capricho 22/09/02)

"Não quero fazer marketing. Quero fazer música". (Revista Capricho 03/11/02)

"Garotas tendem a ser mais sensíveis, certo? Isso pode ajudar você a escrever melhor. Caras gostam de esconder os sentimentos". (Revista Rolling Stone - 31/10/02)

"Eu sei que tem pessoas que gostam de mim, e pessoas que me odeiam" (Revista PopStar! 11/02)


"Muitas pessoas me rotularam como skater punk. Eu não sou um Tony Hawk. Eu andava de skate no colegial, e eles tentam me fazer parecer uma grande skatista". (Revista Rolling Stone - 31/10/02)

"Musicalmente, as garotas podem detonar. Foda-se, quem disse que elas não podem?" (Revista Rolling Stone - 31/10/02)

"Em todo show que eu faço, todas as garotas estão usando uma gravata. É engraçado". (Revista Rolling Stone - 31/10/02)

"Eu sou mesmo totalmente diferente da Britney. Ela usa playback na maioria das vezes e vende a bunda e os peitos muito mais do que a música". (Revista Capricho - 22/09/02)

"Ser punk não tem nada a ver com o jeito que você se veste, e sim com o que você acredita, como você age e com política". (Revista YM - 10/02)

"Britney Spears se veste como uma ‘showgirl’, ela não está sendo ela mesma porque está dançando como uma puta. Ela é uma puta? Ela costumava dizer que era uma virgem!". (MTV Brasil - 11/03)

"Eu não queria um monte de caras velhos no palco comigo, eu queria uma banda com caras da minha idade, com dreadlocks e tatuagens". (Revista YM - 10/02)

"O jeito que ela (Britney) se veste...você andaria pelas ruas só de sutiã? Não estou tentando difamar ninguém, mas comigo, as roupas que visto no palco são as roupas que eu usaria na escola ou na rua. Eu não vou subir ao palco e vestir algo de forma diferente". (MTV Brasil - 11/03)

"Eu posso escrever uma música por dia. Compor é assim pra mim". (Revista Rolling Stone - 22/03/03)

"Punk é hardcore, é underground...é um modo de vida. Eu não sou uma punk rocker". (Revista Elle Girl - 04/03)

"Eu não vou atrás dos caras. Minha mãe me ensinou a ser assim". (Revista Elle Girl - 04/03)

"Não tem nada a ver cantar de salto e calças agarradas, daquelas que não deixam a gente nem sentar". (Revista Capricho - 08/02)

"Não é meu lance parecer sexy. Quero que as pessoas assistam ao meu vídeo e não fiquem reparando nas formas da garota que está cantando, mas sim ouvindo o que eu tenho a dizer". (Revista Graphic Book)

"Eu geralmente não sei que dia da semana que é. Alguém poderia ter me dito que era 9 de Fevereiro e não faria diferença. Eu sempre esqueço o aniversário dos meus irmãos ou da minha mãe". (Jornal The Sun - 03/03)

"Eu sou diferente de todo esse pop fabricado - com tipo garotas dançando junto com dançarinos no fundo, e dublando as músicas vestidas como símbolos sexuais. Eu escrevo minhas próprias músicas, eu toco guitarra". (Jornal The Sun - 03/03)

"Sou nova, só tive um namorado de verdade. Se fosse usar só o que aconteceu na minha vida teria três músicas, no máximo". (Revista Capricho - 22/09/02)

"Segredo de beleza? Não tenho nenhum. Nem secretamente. Meu único cuidado é escovar os dentes". (Revista Atrevida - 12/02)

"Como sempre, há os meninos que só querem descer as calças e os que querem um relacionamento com algum significado". (Revista Atrevida - 12/02)

"Quando estou chateada e preciso desabafar, pego meu violão e sento para tocar". (Revista Capricho - 03/11/02)

"Todo mundo, o tempo todo, tenta dizer como você deve ser". (Revista Capricho - 03/11/02)