Under My Skin

SOBRE

 Avril ficou por alguns meses isolada com alguns amigos, compondo e produzindo seu disco. Mais madura, em aparência e conteúdo do álbum, Lavigne mostrou que não era somente uma coisinha passageira e muito menos uma artista que se entregaria à mídia. Depois de seu álbum pronto, Lavigne se apresentou em shoppings, numa turnê minúscula que passou por várias cidades nos Estados Unidos e Canadá, apresentando assim seus singles Don’t Tell Me, He Wasn’t, My Happy Ending, Nobody’s Home e fazendo a performance de alguns de seus antigos sucessos.

 Lavigne deixou calados críticos com músicas como Take Me Away, How Does It Feel e Forgotten, ambas com melodias e letras bem marcantes. Fizera um álbum bem diverso, com canções bem animadas até canções bem lentas, com uma certa angústia, uma emoção diferente, a qual ela nunca tinha trabalhado antes. Lavigne sempre deixou claro que todas as canções são experiências pessoais. Sendo praticamente um diário, Under My Skin trouxe canções que falavam sobre os valores que Avril Lavigne coletou durante seus dois primeiros anos em turnê. Foram situações que ela enfrentou com a mesma garra de uma adolescente normal, apenas com a diferença de que ela deveria estar apta a cumprir sua agenda, seja o que for que acontecesse.

 Em sua primeira turnê, Try To Shut Me Up, num show em Dublin, na Alemanha, Lavigne recebeu a notícia de que seu avô falecera. Ela não hesitou em fazer uma pequena homenagem a ele dedicando-lhe a última faixa do novo álbum, Slipped Away. O álbum caiu no gosto das pessoas e canções como Fall To Pieces, Together, Who Knows e Freak Out, apesar de não serem músicas de trabalho, começaram a ser pedidas em rádios com uma freqüência notável.

 Under My Skin estreou mundialmente no dia 25 de maio de 2004 e já vendeu mais de 14 milhões de cópias pelo mundo, conquistou RIAA Platinium e o CRIA Platinum cinco vezes cada um. O disco ganhou uma versão especial, Dual Disc. Avril ganhou, em 2004, o prêmio de Melhor Artista Pop/Rock e Artista Canadense mais bem vendida no World Music Awards, Melhor Artista Internacional no MMVA Latino, prêmios de Melhor Vídeo e Cantora Escolhida pelo Público no Much Music, Melhor Música no Common Sense Media Award, Melhor Cantora Internacional no Comet Music Awards, e recebeu indicações no MMVA, American Music Awards, Juno Awards. Em 2005, ela ganhou três categorias das cinco que foi indicada no Juno Awards, Melhor Artista no MTV Ásia Awards, Artista Favorita no Nickelodeon Kids’ Choice Awards, Melhor Artista no NRJ Music Awards e recebeu indicações no Vídeo Music Awards Brasil. Em 2006 ganhou como Melhor Compositora e Artista Favorita no TRL Awards Italy.




Avril-UMS
Under My Skin
Lançamento: 25/05/2004
℗ 2004 RCA/JIVE Label Group,/Sony Music Entertainment
Comprar (Versão Física): SARAIVA | CULTURA
Comprar (Versão Digital): ITUNES

1. Take Me Away
2. Together
3. Don’t Tell Me
4. He Wasn’t
5. How Does It Feel
6. My Happy Ending
7. Nobody’s Home
8. Forgotten
9. Who Knows
10. Fall To Pieces
11. Freak Out
12. Slipped Away




OUTRAS VERSÕES

Under My Skin (Edição Britânica)
FAIXAS
13. I Always Get What I Want

Under My Skin (Edição Japonesa)
FAIXAS
13. I Always Get What I Want
14. Nobody’s Home (acoustic live)

Under My Skin DualDisc

O Under My Skin Dual Disc foi uma versão diferente da versão normal/japonesa do segundo álbum de Avril. A edição especial trouxe um DVD especial com um incrível documentário (Bonez Tour Documentary) onde podemos conferir Avril decidindo várias coisas pré-shows, pré-viagens em turnê, acertamento de detalhes, ensaios e coisas do gênero. Há cenas também onde podemos vê-la em ação com suas brincadeiras, mostrando seu trailer, comendo pizza, arrotando, fazendo realmente uma bagunça em seu tempo off. Podemos conferir também o Under My Skin Diary, onde Avril conta algumas coisas sobre o álbum e sua carreira. Na mesma edição ainda temos os clipes de Don’t Tell Me, My Happy Ending, Nobody’s Home e He Wasn’t, em alta qualidade.

IMG_2126



FAIXAS (DVD)
01. Entire album in enhanced stereo
02. Behind the Scenes
03. Don’t Tell Me (vídeo)
04. My Happy Ending (vídeo)
05. Nobody’s Home (vídeo)


SINGLES


Avril_Lavigne_Don't_Tell_Me_pt._1
Don’t Tell Me
B-sides: Take Me Away
Formato: CD e Digital
Gravação: 2004
Lançamento: Março/2004
Gravadora: Arista Records/BMG
Composição: Avril Lavigne e Evan Taubenfeld
Produção: Butch Walker
Versões: Europa / Austrália


Avril_lavigne_my_happy_ending_single
My Happy Ending
B-sides: Take It
Formato: CD e Digital
Gravação: 2004
Lançamento: Julho/2004
Gravadora: Arista Records
Composição: Avril Lavigne e Butch Walker
Produção: Avril Lavigne e Butch Walker
Versões: Europa / Japão


Nobodys_home
Nobody’s Home
B-sides: I Always Get What I Want
Formato: CD e Digital
Gravação: 2004
Lançamento: Novembro/2004
Gravadora: Arista Records/BMG
Composição: Avril Lavigne e Ben Moody
Produção: Avril Lavigne e Don Gilmore
Versões: Austrália


Avril_lavigne_he_wasn't_single
He Wasn’t
B-sides: He Wasn’t (Live)
Formato: CD e Digital
Gravação: 2004
Lançamento: Março/2005
Gravadora: Arista Records/RCA/Sony BMG
Composição: Avril Lavigne e Chantal Kreviazuk
Produção: Avril Lavigne e Chantal Kreviazuk


Fall_to_Pieces_Avril_Lavigne
Fall To Pieces (Promocional EUA)
Formato: CD e Digital
Gravação: 2004
Lançamento: Junho/2005
Gravadora: Arista Records/BMG
Composição: Avril Lavigne e Raine Maida
Produção: Raine Maida


DESEMPENHO

PARADA DE VENDAS (2004)
Reino Unido – UK Albums Chart – #1
Austrália – ARIA Charts – #1
Brasil – Hot 100 – #1
Canadá – Canadian Albums Chart – #1
Irlanda – Irish Albums Chart – #1
Alemanha – Media Control Charts – #1
Grécia – IFPI Grécia – #1
Japão – Oricon – #1
Europa – European Top 100 Albums – #1
Áustria – Ö3 Austria Top 40 – #1
Estados Unidos – Billboard 200 – #1
Suíça – Swiss Music Charts – #2
Itália – FIMI – #2
Portugal – Top 30 Álbuns – #3
França – SNEP – #4
Bélgica – Ultratop 40 – #5
Nova Zelândia – RIANZ – #7
Noruega – IFPI Noruega – #11
Países Baixos – MegaCharts – #13
Polônia – Polish Music Charts – #13
Suécia – Sverigetopplistan – #14
Finlândia – Mitä hittiä – #14
Dinamarca – Hitlisten – #24
Mundo – IFPI – #5

CERTIFICADOS
Estados Unidos – RIAA – 3x Platina
Japão – RIAJ – Diamante
Europa – IFPI Platinum Europe Awards 2004 – Platina
Canadá – Music Canada – 5x Platina
Reino Unido – BPI – 2x Platina
Alemanha – BVMI – Platina
Brasil – ABPD – Brasil
México – AMPROFON – Platina
França – SNEP – Ouro
Austrália – ARIA – Platina
Espanha – PROMUSICAE – Ouro
Suíça – IFPI Suíça – Platina
Argentina – CAPIF – Platina
Áustria – IFPI Austria – Platina
Rússia – 2M – Platina
Grécia – IFPI Grécia – Ouro
Bélgica – Ultratop – Ouro
Nova Zelândia – RIANZ – Ouro
Hong Kong – IFPI Hong Kong – Ouro
Portugal – AFP – Prata




AGRADECIMENTOS

 Primeiro eu quero agradecer a Deus por cuidar de mim e por possibilitar essa maravilhosa experiência. Quero agradecer aos meus pais, meu irmão e minha irmã (John, Judy, Matt e Michelle) por estarem comigo e ter me dado todo o amor e o apoio. Eu quero agradecer aos meus fãs pela dedicação. Por causa de vocês que eu tive essa oportunidade de experimentar coisas maravilhosas. Caras, vocês são demais! Quero agradecer à minha empresária, Shauna Gold, por toda a dedicação que ela colocou em minha carreira e por ter sido honesta e verdadeira. Eu te amo demais, Shauna, você merece todos os créditos do mundo. Obrigada Terry McBride, Dan Fraser e todos da Nettwerk Management. Obrigada John Rummen e Kin Kinakin da Artwerks e Brent Muhle da Nettmedia, por me ajudar com o processo de design. Antonio “LA” Reid, por acreditar em mim e investir em mim, você me deu a oportunidade única da minha vida. Obrigada a Adam Lowenberg, Josh Sarubin, Hillary Siskind, Laura Swanson, Karen Yee, Samantha Lecca, Soraya Akhavi, Frances Georgeson, Zeeshan Zaidi e todos da Arista. Vocês todos tem sido maravilhosos para se trabalhar. Obrigada à Lisa Zbitnew, Shane Carter, Dave Harris, Sean Cordner e todos da BMG Canadá, e todos de todas as BMG ao redor do mundo. Obrigada novamente a Peter Zizzo por ter me mantido sobre sua proteção desde o início, quando eu tinha 15 anos. Obrigada aos caras que amo… Matt Brann, Evan Taubenfeld, Charlie Moniz e Craig Wood. Eu não poderia pedir por outra banda pra sair em turnê. Eu tenho duas palavras pra vocês (Hey Yeah!). Obrigada a Jesse Colburn. Minha melhor amiga, minha irmã, minha mentora, minha garota… Chantal Kreviazuk. Obrigada por estar sempre lá por tudo. Deus nos colocou juntas. Obrigada pela maravilhosa amizade que compartilhamos e todas as nossas memórias. Ter alguém como você envolvida em meu novo trabalho era o que eu queria. Obrigada pelo ótimo tempo e todas as divertidas colaborações. Eu te amo com todo meu coração. Raine Maida, você é muito parecido comigo, nós estivemos sempre na mesma página. Você me conquistou. Obrigada por trabalhar tão arduamente em meu novo disco e por todas as noites que passamos acordados. Você fez um trabalho maravilhoso. Obrigada pelas preocupações e por ser um amigo, por todos os seus conselhos e envolvimento. Nós tivemos muita diversão! (Hey Rowan). Obrigada por tudo Raine e Chantal. Don Gilmore, eu realmente procurei por você. Eu me sinto honrada em ter trabalhado com você. Eu acho você maravilhoso. Obrigada a Butch Walker, foi realmente divertido trabalhar com você e eu lhe acho um grande produtor. Obrigada a Ben Moody pela colaboração, e pela amizade. Bons tempos cara, mantenha contato! Obrigada a Cliff Magness por estar lá sempre por mim, novamente. Obrigada, Taylor. Eu também gostaria de agradecer Tyler Colton e Monique Morrison (também conhecido como CT). Obrigada, Leah Smith, por ser o mais legal. Obrigada Stefanie Tortorella, obrigada Randy Staub e Tom Lord-Alge pela mixagem do álbum. Obrigada Sam e Eric, do War Child. Um especial agradecimento a Kenna Danyliw por todas as horas, pela lealdade e dedicação. Obrigado a todos que se envolveram. Este é meu sonho e vocês são parte dele.

– Avril