Artigos / Notícias

AVRIL LAVIGNE FALA SOBRE NOVO ÁLBUM E FAIXA FAVORITA

Em sua passagem por Hong Kong no mês passado, Avril Lavigne concedeu uma entrevista à Revista Galaxie Magazine da Malásia na qual falou sobre seu novo álbum.

Avril explicou o material ser titulado com seu próprio nome dizendo:

“Eu acho que era hora de um álbum com meu nome… E também, eu não conseguia pensar em como chamá-lo. Eu estava olhando para ele e não havia uma única palavra que eu poderia usar como título. Ele é marcante e único. Eu senti que se colocasse um título, ele não faria muito sentido. Então pensei em colocar apenas meu nome. Funciona tanto visualmente quanto para tudo o que o álbum representa.”

Ela também falou sobre a temática do álbum:

“Mais do que amor e relacionamentos. Ele é diverso e toca em quase todos os estilos que eu já tive e alguns novos. Eu experimentei novos estilos e sons e levei minha voz a outros extremos.”

Ao citar as faixas Here’s To Never Growing Up, Rock N Roll, 17 e Hello Kitty, Avril disse que sua favorita é Give You What You Like. Ela explicou que é “porque ela é muito artística e diferente. Não se parece com nada que eu já fiz. Parece um pouco indie.”

Sobre a ausência do mundo da música e sua nova mensagem com o álbum, Avril disse:

“Eu tenho muitas músicas para esse álbum, e basicamente coloquei 13 faixas nele. Eu tenho muitas outras faixas sobrando… E definitivamente quero lança-las, pois eu mesma escrevo minhas músicas e faço turnês mundiais… Então há sempre muito espaço entre um álbum e outro e não quero que isso aconteça… Eu quero lançar um álbum logo após o outro. Não dar muito tempo… Eu odeio fazer os fãs esperarem… Eles me perguntam: ‘Quando você vai lançar material novo?’ e eu respondo ‘Eu preciso trabalhar… preciso escrever!’ Há tantas pessoas nas rádios e na indústria da música hoje e eu não deveria deixar todos esperando tanto tempo. Mas eu tenho dedicado todo o tempo a turnês e ao estúdio e tentado acelerar as coisas…”

Avril também falou de Rock N Roll e a descreveu como “um estilo de vida”, “rebelde” e “sem seguir modinhas”.

Ela também falou da participação de Marilyn Manson:

“Ele veio ao estúdio às 4:30 da manhã e eu mostrei a música a ele. Ele foi à cabine e gravou seu vocal e o resultado foi fantástico! Foi legal tê-lo no álbum! Eu acho que só saímos do estúdio às 9 da manhã. Mas rock n’ roll é assim às vezes… A gente nem dorme!”

E da melhor parte do álbum:

“Acho que a melhor parte do álbum é que ganhei um marido graças a ele! Nos conhecemos no estúdio e ele (Chad Kroeger, da banda Nickelback) fez o pedido no estúdio. Começou como amizade e isso é o mais legal do álbum”

Por fim, ela falou da maturidade ao lidar com a carreira:

“Quanto mais velho você fica, menos você se estressa com coisas pequenas. Você vai direto ao ponto… A vida fica mais fácil. Você entende melhor…”

O epônimo Avril Lavigne chega às lojas no dia 5 de novembro. A pré-venda no iTunes começa amanhã, 24 de setembro.

Sobre o autor

Professional Genius.

AVRIL LAVIGNE COMPARADA COM ZUMBI

23 de setembro de 2013