AVRIL EM DESTAQUE NO BRASIL

AVRIL EM DESTAQUE NO BRASIL

Com a chegada de Avril Lavigne no fim do mês, a mídia brasileira tem aberto um lugar especial para falar de sua carreira e turnê. Na última semana, ela foi destaque em matérias publicadas no Guia UOL e no Estadão, dois dos maiores sites de notícias de São Paulo, que também trouxeram fragmentos de entrevistas e críticas ao seu novo material.

A entrevista ao Guia UOL focou em sua vinda ao Brasil, sua nova turnê e álbum. De acordo com eles, Avril prometeu tocar faixas do material novo e mesclá-las com singles de seus outros álbuns. Ela ainda acrescentou:

“Me sinto feliz por poder voltar ao Brasil porque minha última vez aí foi extremamente divertida. Os fãs são inacreditáveis, nos apoiam de uma forma sem igual. Estou ansiosa para entrar em contato com eles de novo por aí.”

Eles também a questionaram sobre suas mudanças de estilo, visual e atitude desde seu primeiro álbum, o que, segundo eles, causou um descontentamento dos fãs. Avril rebateu dizendo:

 “Eu vejo esse disco como um trabalho que tem elementos de todos os outros álbuns que lancei. Não mudei meu som em decorrência das mudanças na indústria da música. E me orgulho disso. Eu continuo me mantendo verdadeira com relação ao meu som e meu estilo, e agradeço muito aos meus fãs que continuam comigo 12 anos depois”.

Avril também falou sobre trabalhar com seu marido, dizendo que “Foi foi uma experiência muito divertida estar em estúdio com ele e tentar coisas novas, experimentar mais nesse disco” e acrescentou, sobre seu quinto álbum, alegando que “É um trabalho que ainda tem as minhas canções de pop rock, mas há músicas novas como ‘Hush Hush’ e ‘Give You What You Like’ que são diferentes. Chad diz que elas têm um vibe indie, diferente do que costumo fazer. Eu apenas as acho mais cruas. E trabalhar com Marilyn Manson em ‘Bad Girl’ foi muito bacana, é uma das músicas mais rock do álbum.”

A matéria publicada no Estadão, por sua vez, traz Avril Lavigne como símbolo atemporal. Eles a descrevem como ‘guia’ para cantoras como Taylor Swift e Kelly Clarkson. Eles descrevem o novo álbum como portador de canções singelas com pianos e sons mais rock n’ roll, e também falam do casamento com Chad Kroeger, no ano passado.

“Sim, sou casada agora, mas isso só trouxe mais inspiração para minha música. Não acho que fiquei mais rock’n’roll, sou ainda a mesma pessoa, com os mesmos gostos.” – diz Avril.

Quando questionada sobre a existência de novas estrelas pop como Lana del Rey, Lorde e Lady Gaga. Avril diz que não se preocupa muito com concorrência e admite que acredita que nunca mais venderá milhões de discos como havia feito até então.

“É essa a realidade, há mais cantoras, a indústria da música mudou, o rádio está diferente, a internet é que toca mais a música. O que penso é que tenho sorte de estar aqui e ainda estar fazendo shows, correndo o mundo com a minha música.”

Por fim, o site a questiona sobre ter filhos e Avril admite, indiretamente, ter planos. “Eu estou em turnê, o foco está na minha carreira, no momento, mas espero que um dia possa fazer as duas coisas ao mesmo tempo, sem abdicar de nenhuma: criar um filho e continuar cantando”, diz.

A matéria completa publicada pelo Guia UOL você lê AQUI. A do Estadão, você lê AQUI.